Suspeito de roubar e manter mulher refém é preso um dia após o crime e liberado por falta de prisão– Blogdogesso.com

ALY8t1uRns6FagthJO ooRbFLqHfAalbYBFpb dCwYeKnSmqv1WAFODTUGCAPsHNNjraXTTHkyDhmAMz0x2t1inHWKqloFSsKKoG7aS2xmHflT94DxSK Tpdg3kUm7UJnA8IkpEBOIraYThWX1Qw1200 h630 p k no nu

O homem de 23 anos, cuja identidade não foi divulgada, foi conduzido a uma esquadra de serviço, mas o agente policial “não viu elementos para o prender em flagrante”, o que motivou a libertação do suspeito.

“Devido ao lapso de tempo entre a data da ocorrência em que o indivíduo é suspeito, e a data da captura, a autoridade policial decidiu pela não lavratura do auto de prisão em flagrante delito, entendendo que o preso não se encontrava mais em flagrante estadual, conforme estabelece o artigo 302 do Código de Processo Penal”, disse a Polícia Civil.

Ainda segundo a polícia, foi registrada investigação, e a Delegacia Regional Senador Pompeu continua investigando o caso.

Funcionário é feito refém

Durante o assalto, dois criminosos fizeram um funcionário da loja como refém. Imagens tiradas por testemunhas mostram os ladrões levando a mulher à força para um veículo em frente à loja.

Ambos estavam armados e um deles segurava uma sacola. Na hora, um dos assaltantes gritou: “Se você atirar, nós atiraremos também”.

Segundo a Polícia Militar, os suspeitos armados e encapuzados sequestraram um veículo na entrada da cidade no início da manhã.

A polícia afirmou que a mulher foi libertada momentos depois e resgatada por agentes às margens da BR-226. O carro usado pelos suspeitos foi apreendido.

Fonte: G1 CE

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.